sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Frases ateístas divertidas !

.

Se deus existisse ele já tinha me convencido.



Rezar para o sol, lua ou alguma pedra "sagrada" ou rezar para deus resulta na mesma proporção de pedidos atendidos.


Quem precisa de pastor é ovelha.


Se a Bíblia prova a existência de Deus então as revistas em quadrinhos provam a existência do Super Homem.

TER FÉ É ACREDITAR EM ALGO QUE NÃO EXISTE.

Se você fala com deus, você é religioso; se ele responde, você é psicótico.


Sabia que não existe Satã? É apenas deus quando está bêbado.


Prefiro o paraíso pelo clima, o inferno pela companhia". Mark Twain.


Para os peixinhos do aquário, quem troca a água é deus. (Mário Quintana)


Rezar é a melhor maneira de não fazer nada e achar que está ajudando.


Cobra que fala, maçã do pecado, perda do paraíso. Você segue uma religião ou um conto de fadas? (Lineu)

Se Jesus tivesse sido enforcado voce carregaria uma forquinha no pescoço?


Se deus quer que eu creia nele deveria me dar um sinal. Um depósito na minha conta na Suiça seria suficiente (Woody Allen).


Sabe o que dá o cruzamento de um ateu com uma testemunha de Jeová? Alguém que toca sua campainha e não fala nada.


Se o homem vem do barro, somos parentes dos tijolos? 


Adoro Jesus, quando ele nasce eu ganho presentes, quando ele morre eu ganho chocolates. 

Cristianismo: mais seguro do que uma lobotomia e tão eficaz quanto. 

“Se lhe ensinassem que os elfos causam a chuva, todas as vezes que chovesse, você veria a prova dos elfos.” 


“Infiel: Em Nova Iorque, alguém que não acredita na religião Cristã; em Constantinopla, alguém que acredita.” (Ambrose Bierce) 


Nada falha como a prece. (Annie Laurie Gaylor) 

“A única desculpa de deus é que ele não existe.” (Marie-Henri Beyle) 

"E ao 4,5 bilionésimo ano o homem disse: Que haja deus.” (Justin Thomas) 

"Se só Jesus salva, para que o memory card?"

"Um ateu acredita no que houve, um religioso no que ouve."

"Quem tem espírito crítico não precisa de espírito santo."

"Para alguns bispos e cardeais...papáveis são os coroinhas."


segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Islândia, país com o maior indice de ateismo no mundo.



Já publiquei aqui mais de uma vez um mapa que mostra o indice de ateismo de cada país da Europa e a pequena e gelada Islândia bate perto dos 80%.

Ou seja, lá quase ninguém acredita em deus e vivem todos muito bem sem ele.

Vejam o que disse a cantora Bjork sobre seu país:


"A Islândia se destacou em uma coisa: quando nos perguntam em que acreditamos 90% dizem ‘em nós mesmos’. Eu acho que me encaixo nesse grupo. Se me meto em algum problema, não há deus ou alá que vai me salvar. Eu tenho que me virar sozinha."


Pois é, Bjork, você e o resto da humanidade... mas a maioria ainda não percebeu isso.

sábado, 20 de fevereiro de 2010

"É um milagre", diz mãe de sobrevivente de veleiro que afundou na costa brasileira.

Navio canadense com 64 estudantes e professores naufraga a 500km da costa brasileira e todos se salvam usando botes salva vidas até a chegada do resgate.
Até aqui, normal.
Quer dizer, não para a mãe de um dos alunos salvos, para ela tudo foi um milagre.
Com o cuidado de darmos o devido desconto pela emoção do momento... proponho analisarmos essa noticia junto com a de baixo aqui no blog, a que fala sobre o teto da mesquita que caiu.
Então deus deixou que os muçulmanos morressem (assim como fez com Zilda Arns) mas preocupou-se em salvar os estudantes canadenses.
Qual será o critério desse deus tão cruel e tão bonzinho ao mesmo tempo?
Já recebi mensagens aqui de pessoas que dizem que eu reclamo de deus e o critico.
Não!!!
Nada disso... se a ironia é suave demais fica importante esclarecer: estes posts tem um objetivo muito diferente que é o de chamar a atenção do leitor para a total falta de lógica dos crentes que aceitam a ideia de um deus criador e ouvidor de preces que fica interferindo o tempo todo em cada detalhe da vida de cada ser sobre a terra.
Eu não critico deus, faço bem pior que isso: afirmo com todas as letras que ele não existe.
Vamos à luta, a vida é curta e estamos sós...

Minarete desaba e mata 36 pessoas que rezavam em mesquita no Marrocos.


Essa é mais uma para a nossa seção "Onde estava deus nessa hora?".

Um minarete de 400 anos desabou matando 36 e ferindo 71 pessoas que se encontravam rezando na mesquita naquela hora.

Deus, como sabemos, gosta muito de trucidar seus fieis desabando tetos de igreja (vide Zilda Arns) e de mesquitas sobre suas cabeças.

Há outros casos descritos aqui no blog: pessoas pisoteadas em eventos religiosos, assassinadas na saída de cultos, intoxicadas com água "benta".

Leia a noticia completa na Folha Online:



É nessas horas que a existencia de um deus criador, ouvidor de preces e atendedor de pedidos fica ainda mais ridícula e sem sentido.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Para Elton John Jesus era gay.

O cantor britânico Elton John, 62, deu uma entrevista a revista norte-americana "Parade" na qual declarou que Jesus era gay. A entrevista ganhou destaque no tabloide inglês "The Sun".
"Acho que Jesus tinha muita compaixão, era um homem gay superinteligente, que entendeu os problemas da humanidade", disse.
"Jesus queria que nós amássemos e perdoássemos. Não sei o que faz as pessoas serem tão cruéis. Tente ser uma lésbica no Oriente Médio --é melhor estar morto."

Fonte: Folha Online : http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u696080.shtml

(bom, é isso que dá tentar convencer as pessoas que um homem saudavel com 33 anos vivendo no oriente médio de 2000 anos atrás nunca tenha se casado ou ao menos tido uma amante ou namorada...Ninguém na biblia fazia sexo, todo mundo era filho de chocadeira? Jesus era solitário, Maria era virgem, Madalena era arrependida e os apóstolos eram todos solteiros...?)

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Máquina da sorte: como um povo tão evoluído como o japonês pode acreditar em uma tolice dessas ??



Aumenta procura por máquinas da sorte às vésperas do Ano Novo no Japão


Japoneses buscam as máquinas para ver se sua sorte vai mudar com a chegada do novo ano. Procura cresce 80% nesta época do ano


Para os asiáticos a chegada do Ano Novo agora no dia 14 de fevereiro deve ser precedida por orações e idas a templos, em busca de benção. No Japão, a tecnologia ajuda a benção a chegar mais cedo: em vez de consultar a sorte num templo, os japoneses recorrem a máquinas que adiantam como pode ser o novo ano. Às vésperas do Ano do Tigre, a procura pelas máquinas aumentou 80% em grandes cidades, como Tóquio e Kyoto. E como a crise financeira afetou o mundo inteiro, até a procura por máquinas com texto em inglês também aumentou bastante no país.Para os japoneses, omikuji são papéis que trazem ideogramas com a “sorte” de quem busca olhar para o futuro. A palavra quer dizer, literalmente, “loteria sagrada”. Antigamente, bastava ir a um templo à procura de “boa sorte” e escolher um entre as dezenas de papéis dispostos para os visitantes. Há algum tempo, porém, as bandejas com papéis vem sendo substituídas por máquinas parecidas como as que vendem bebidas e salgadinhos. Para usar, basta colocar o dinheiro e apertar o botão, que a máquina libera um papelzinho com a suposta benção. Há dezenas de bênçãos, que podem incluir de uma “grande benção” a uma “grande praga”. A sorte também diz respeito a determinados aspectos da vida, como saúde, dinheiro, amor e vida. Os papéis podem revelar se um desejo será atendido, uma viagem está por vir e até se a pessoa que se ama finalmente
Quando se tira uma “sorte ruim”, é costume dobrar o papel e grudá-lo a um pinheiro ou a uma cerca de arame ao lado de outros omikuji desafortunados. A razão é simples: a palavra em japonês para pinheiro é “matsu”, um trocadilho com o verbo esperar. Assim, em vez de deixar que o azar acompanhe a pessoa, ele ficaria esperando ao lado da árvore. Já para quem tirou uma sorte boa, é só guardar o papel para atrair somente coisas positivas para o novo ano. Embora a tradição seja respeitada mais pelas crianças, em tempos de recessão não custa buscar uma ajudinha dos deuses.
Fonte: Revista Época, link para materia completa:

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Moralidade não depende de religião, diz estudo.

No Estadão de hoje, 9/11:

De onde vem a religião? O fato de que todas as sociedades humanas conhecidas acreditam (ou acreditavam) em algum tipo de divindade - seja ela Deus, Alá, Zeus, o Sol, a Montanha ou espíritos da floresta - intriga os cientistas, que há tempos buscam uma explicação evolutiva para esse fenômeno.
Seria a religião uma característica com raiz evolutiva própria, selecionada naturalmente por sua capacidade de promover a moralidade e a cooperação entre indivíduos não aparentados de uma população? Ou seria ela um subproduto de outras características evolutivas que favorecem esse comportamento social independentemente de crenças religiosas?
A origem mais provável é a segunda, de acordo com um artigo científico publicado ontem na revista Trends in Cognitive Sciences. Os autores fazem uma revisão dos estudos já publicados sobre o tema e concluem que nem a cooperação nem a moralidade dependem da religião para existir, apesar de serem influenciadas por ela.
"A cooperação é possível graças a um conjunto de mecanismos mentais que não são específicos da religião. Julgamentos morais dependem desses mecanismos e parecem operar independentemente da formação religiosa individual", escrevem os autores.
"A religião é um conjunto de ideias que sobrevive na transmissão cultural porque parasita efetivamente outras estruturas cognitivas evoluídas."
O artigo é assinado por Ilkka Pyysiäinen, da Universidade de Helsinki, na Finlândia, e Marc Hauser, dos Departamentos de Psicologia e Biologia Evolutiva Humana da Universidade Harvard, nos Estados Unidos. Em entrevista ao Estado, Hauser disse que a religião "fornece apenas regras locais para casos muito específicos" de dilemas morais, como posições sobre o aborto ou a eutanásia. Já questões de caráter mais abstrato são definidas com base numa moralidade intuitiva que independe de religião.
Estudos em que pessoas são convidadas a opinar sobre dilemas morais hipotéticos mostram que o padrão de julgamento de religiosos é igual ao de pessoas sem religião ou ateias. Em outras palavras: a capacidade de distinguir entre certo e errado, aceitável e inaceitável, é intuitiva ao ser humano e independe da religião, apesar de ser moldada por ela em questões específicas.
"Isso pode sugerir como é equivocado fazer juízos sobre a moralidade das pessoas com base em suas religiões", disse ao Estado o pesquisador Charbel El-Hani, coordenador do Grupo de Pesquisa em História, Filosofia e Ensino de Ciências Biológicas da Universidade Federal da Bahia. "Entre os ateus, assim como entre os religiosos, há a variabilidade usual dos humanos.
Há ateus tão altruístas quanto Irmã Dulce, assim como há religiosos tão dados à desonestidade e a faltas éticas quanto pessoas não tão religiosas. (*)
"Segundo Hauser, o ser humano não tem uma propensão a ser religioso, mas sim a buscar causas e propósitos para o mundo ao seu redor - o que muitas vezes acaba desembocando em alguma forma de divindade.
Nesse caso, a religião seria um produto da evolução cultural, e não da evolução biológica. "O fato de algo ser universal não significa que faça parte da nossa biologia", diz o pesquisador de Harvard.Ele e Pyysiäinen sugerem que "a maioria, se não todos, dos ingredientes psicológicos que integram a religião evoluiu originalmente para solucionar problemas mais genéricos de interação social e, subsequentemente, foi cooptada para uso em atividades religiosas."
Ao estabelecer regras coletivas de conduta, a religião funcionaria como uma ferramenta de incentivo e controle da cooperação - tanto pelo lado da salvação quanto da punição.
"Que a religião está envolvida na cooperação não há dúvida. Mas dizer que ela evoluiu para esse propósito é algo completamente diferente", afirma Hauser.
(*) Vide post "Ateismo pode ser a forma mais cristã de se viver a vida", logo abaixo.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Padre Marcelo ensina como se salvar de um ataque de cão feroz. Só que para ele mesmo não funcionou!!


Padre Marcelo ensina em uma entrevista como alguém que está sendo atacado por um cão feroz deve agir para se safar. Segundo ele basta olhar para cima, não demonstrar medo e pensar em algo que traga paz e calma.
Ele, no caso, pensa em deus.
Em seguida nosso querido e midiático padre aparece em uma missa... todo estrupiado... e conta que foi atacado pelos cachorros de seus pais.
Vejam, é hilario:

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

16 vantagens de não ser religioso

1. Você fica com 100% do que ganha.

2. Não precisa ir a missa toda semana, dá para ver uns 25 filmes a mais por ano.

3. Não precisa ajoelhar e contar seus podres para alguém pior.

4. Pode usar pílula e camisinha.

5. As únicas regras a seguir no preparo dos alimentos são as da higiene.

6. Se seu casamento não der certo você pode tentar outra vez, sem culpa.

7. Ao invés de rezar e esperar por ajuda você se esforça mais e consegue as coisas!

8. Como não se preocupa com vidas passadas ou futuras, vive melhor esta.

9. Pode ser bom e justo por opção e não por ter sido ameaçado por deuses e padres.

10. Pode fazer o que quiser no sábado, inclusive ver TV, andar de carro e de elevador.

11. Jejum só na dieta ou para fazer exame de sangue.

12. Seguir leis de hoje e não as escritas há milhares de anos por peregrinos do deserto.

13. As 17hs pode tomar um chá ou café ao invés de procurar a direção de Meca para orar.

14. Você não precisa acreditar em maçã do pecado, cobra que fala, mar que se abre, virgem que dá a luz, anjo que traz recado, morto que ressuscita, mandamentos, reizinhos que levam presentes, estrelinha que mostra o caminho, livro de lendas antigas e mal traduzidas, purgatório, inferno, diabo, pecado, Terra com 10 mil anos de idade, universo feito em 6 dias, santos fajutos, milagres capengas, dilúvio, arca, papa que é eleito pelos homens mas vira santidade, igreja que protege pedófilos, gente que funda uma igreja e vira bispo, penitência, flagelo, terço, abstinências sem sentido, dogmas tolos, deus que tudo sabe mas que não fala com ninguém, batismo, crisma, comunhão, santo graal, crucifixo, água benta, hóstia, imagem de santa que aparece no vidro, Jesus que aparece na torrada, estatueta de santo que chora, gente histérica que reza aos gritos e nem na idéia absurda de 3 deuses que são um só mas são 3.

15. E, por fim, você pode crer livremente na ciência, nas leis da natureza, em teorias embasadas por fatos comprováveis e que não dependem de fé cega em fatos, leis, lendas e textos milenares, de origem duvidosa e superados pela evolução da humanidade.

16. Enfim, um ateu é um ser livre, para pensar e para viver. Como é bom ser ateu!

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Agua Benta intoxica 360 pessoas na Russia.


É mais uma daquelas noticias para a seção "Onde estava deus nessa hora" :

Um novo balanço do Serviço Federal de Proteção ao Consumidor da Rússia eleva para 360 o número de pessoas intoxicadas após terem bebido água benta na cidade de Irkutsk.

"Até o momento já foram registrados 360 casos. Mas graças ao tratamento, todos os intoxicados apresentam uma nítida melhora e estão recebendo alta. Hoje 142 pessoas receberam alta", diz um comunicado da entidade, citado pela agência RIA Novosti.

A maioria dos afetados apresenta sintomas de infecções gastrintestinais, como diarreia, vômitos, dores de cabeça e alta febre --quadro identificado como gastroenterite rotaviral.

A investigação epidemiológica determinou que a intoxicação ocorreu em 19 de janeiro passado durante as celebrações da festividade religiosa da Epifania.

Segundo a tradição ortodoxa, a água recolhida nos rios e lagos durante essa festividade, quando se celebra o batismo de Jesus Cristo por João Batista no Rio Jordão, apresenta determinadas propriedades curativas e fortificantes.

O Serviço Federal de Proteção ao Consumidor afirmou que a água do lago local, que foi benzida por diversos padres locais, estava parada e poluída. Frequentemente, a água benta é engarrafada para ser consumida posteriormente.

"Esse água não condiz com as exigências higiênicas por suas propriedades microbiológicas e sanitário-químicas", assinalou em comunicado.

A nota ressaltava que nas amostras de água encontradas na casa dos doentes foi detectado o antígeno do rotavírus.

Notícia da Folha On Line:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u687528.shtml